Quero ver o teu chamego
remexer e balançar num desmanteio
quero ver o cadeeiro se despencar

ao som do zabumba
quero ver o suor descer
e a moçada fissurada pra dançar

no calor do baião
vou dançando nesta multidão
até o sol tomar conta do povão
daí então:
vou até me acabar
no compasso do forró
no forró desse compasso
eu vou me acabar.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Geo D'Almeida / GERALDO CARDOSO / Paulão. Isn't this right? Let us know.