Estrela matutina
és nordestina
és um bem querer
linda menina
quando te vejo
perco o medo de envelhecer
quando a aurora descortina
tuas ruas de cheiro batavo
teus rochedos acariciados

pelo doce velho Chico
como o mascavo dos teus engenhos
que ajudaste a fabricar

cidades dos sobrados
assim Freire te chamou
das varandas fico a espiar
contemplando a tua meninice
que não viu o tempo passar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct