Manhãs vem, manhãs vão
e acordamos cedo.
Sobrevivemos, não dependemos de ninguém.
Me dá um beijo,
um abraço depois do trabalho.
O cansaço deixa pra
depois de nos amarmos.
É simples, tão simples.
Manhãs vem, manhãs vão
não somos mais os mesmos.
Diferentes, mais atentos
ao que o outro quer.
Lembra bem,
lembra o quanto te respeito,
o quanto eu penso
em você tanto quanto em mim.
É simples, tão simples.
Não somos sós.
Não somos só nós.

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct