Eu às vezes paro e pergunto à lua
Meu amor, por que você não vem
Eu preciso tanto ter você por perto
Pra esquecer de vez a solidão
As palavras vagam noite adentro
Não há noite não há nada, é só você

Não adianta o amor se derramar em prantos
Revelando um novo escândalo
Não servirá

Falta pouco tempo para um novo século
E o que fizemos quase se perdeu
Da janela vejo quase tudo
À espera de um sorriso igual ao seu

Você é meu silêncio
Meu maior segre...do
Tudo aquilo que es..condo de mim
Pra não te ver chorar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Adonay Pereira / Eliana Printes. Isn't this right? Let us know.