Vou embora
Tá na hora de voltar pro Amazonas
Na cidade, na saudade choro tanto
Que meu pranto feito rio se fez mar

Vou embora
Com a viola, companheira do meu canto
Vou sozinho meu caminho caminhando
Vou cantando pra tristeza espantar

Vou armar a minha rede
Com a morena me embalar, sonhar

Sonho livre
Como a garça voa livre pelo espaço
Vou descer meu rio abaixo de canoa
Vida boa de ter tempo pra sonhar

Vou fazer uma palhoça
Com a morena vou morar e amar

Vou ser livre
Como livre vai correndo o Amazonas
Na canoa deslizando em suas ondas
Vou seguir o seu caminho para o mar

Vou armar a minha rede
Com a morena me embalar, sonhar

Sonho livre
Como a garça voa livre pelo espaço
Vou descer meu rio abaixo de canoa
Vida boa de ter tempo pra sonhar

Vou fazer uma palhoça
Com a morena vou morar e amar

Vou ser livre
Como livre vai correndo o Amazonas
Na canoa deslizando em suas ondas
Vou seguir o seu caminho para o mar

Mar, mar, mar, mar

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct