views 152

Doce Refúgio

Luiz Carlos da Vila


Sim, é o cacique de ramos
Plantou de todos os ramos, cantam os passarinhos nas manhãs
Lá oi e lá o samba é alta bandeira
E até as tamarineiras são das poesia guardiã

Seus compositores aquelas
Que deixam na gente aquela emoção
Seus ritmistas vão fundo
Tocando bem fundo qualquer coração
É uma festa brilhante
Um lindo brilhante mais fácil de achar
É perto de tudo ali no subúrbio
Um doce refúgio pra quem quer cantar
É o cacique

É o cacique pra uns a cachaça pra outros
A religião
Se estou longe o tempo não passa
E a saudade abraça o meu coração
Quando ele vai para as ruas
A vida flutua num sonho real
É o povo sorrindo cacique esculpindo
Com mãos de alegria o seu carnaval
É o cacique

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Luiz Carlos Da Vila. Isn't this right? Let us know.