Moro aqui nessa casa
Porta aberta asa cortada.
Como pão, bebo água
Coisa amarga, engulo brasa

Querer bem é mal também
Quando alguém domina alguém
Ignorância, medo, humilhação
Alimentam insatisfação.

Ser humano morador
Aqui também mora a dor
Prazer não é só sustento
Minhas vontades vão ao vento.


O mar transmite aquela calma
Riscar a areia não apaga a falta
Felicidade está naquela barca
Posso arriscar, não perco nada

Tempestades são reais
Podem matar e muito mais
Mas vou encarar essa parada
Melhor que vida engaiolada

E quando o sol matar a madrugada
Ninguém verá o bater de minhas asas;

Distante daqui.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct