Na tal terra seca
A cerca separa
Vai dia e vem dia
E a dor nunca sara

Menino sem berço
Na tal terra dura
Nasceu! Foi incesto
De irmãos sem ternura

Na tal terra morta
O sol queima o rosto
José e Maria
Só viram desgosto

Novo rei-menino
De um povo sem nada
Na tal terra seca
Sem trono nem espada

Na tal terra a morte
Virou atração
Presépio sem nome
Na televisão

Na tal terra há morte
E a sorte não vem
Nem papai noel
Essa gente tem

Natal do meu povo
Na tal ilusão
Vai ano e vem ano
Engano e desengano
Nada muda não!!!

Haja paciência!

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct