Senti o vento soprar
Em quase todas as direções
E de toda parte vinham
Sorrisos de alívio a muito silenciados
Eles dançaram a noite inteira
Como crianças
Livre do Pesadelo

A liberdade soprou no leste
A liberdade soprou no leste
As algemas se quebrarram

E agora os dias não são
Tão cinzas como eram antes
E do outro lado do muro
Cabeças se erguem e mãos se levantam
Cantando enfim a queda
Das estátuas de bronze
Rasgando a mordaça
Prá escrever com sangue
A palavra proibida
Vida

O terceiro milênio
A terceira idade
O Sol da manhã arde
Como eterno desejo de liberdade

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct