Luto pelo gueto pelo som da favela luto pela paz espontânea por ela eu luto pelo povo
Sofrido dos tempos a verdadeira liberdade que já nasce a os pretos que já nasce os brancos a luz radiante do amor aqualando fluorescente do bem a independência do povo igualdade convém num segundo ao um estante a força poderosa de mahatma gandhi o extinto de paz o sopro do levante e o amor que traz a esperança e um sonho a luta caminhada o povo em comboio pra lutar vim buscar conquistar pra cantar o sentimento do gueto a luta dos sondados verdadeiros do tempo na trilha do caminho saudável da paz o sentimento poderoso a liberdade me traz o conforto do bem traz amor a igualdade verdadeira dos reis revitaliza a esperança do amor que já tem ate o final a gente vai vencer liberdade o sentimento e muito mais poder muito mais esperança a liberdade que renasce na colina da infância onde o mundo girava o sentimento verdadeiro do amor alcançava do amor alcançava .

Refrão : eu não tenho nada pra desistir eu não vejo nada pra me impedir eu não tenho medo não vejo magoas quando cair felicidade a o que faz sorrir é o segredo.

Só forte não por acaso minha lei é eu quem faço aqui ninguém
Motiva ninguém se não for para o bem estamos do mesmo lado resistir é tentar ser feliz problemas menos miséria é assim é que se diz pra quem não ve não xerga olhos tem que abri e lá na frente servir o que não for desistir é nosso se deus quiser to com fé pro que der e vier não abro mão pro que estou de pé não acredite em derrota senão fechou abre as portas e não desiste do mundo que a vida só te prospera esse é o exemplo das veras o velho tempo já era ficou confuso de mais ao mesmo tempo que falar de paz já não tem o mesmo efeito é só lembra eu esqueço que viver tem seu preço não tenha medo de não desistir do que te faz feliz e não dessa lima e parte pra cima sem medo esse é um dos segredos que representa sua vida se não gostou vai pra cima se não gostou vai pra cima .

Refrão : eu não tenho nada pra desistir eu não vejo nada pra me impedir eu não tenho medo não vejo magoas quando cair felicidade a o que faz sorrir é o segredo.

É o começo de uma luta agora é o começo milenar dos sonhos de aurora no caminho esbanjo sagrada liberdade na estrada dos anjos conhecimento positivo na estrela que vem iluminando os guerreiros verdadeira do bem na trilha cansativa do povo eterna igualdade que renasce de novo na guerra sofrida dos povos a esperança verdadeiro ao mundo nosso sei que sou guerreiro verdadeiro lutador sou forte paz a liberdade majestosa do povo da norte o acordar a luta na vanguarda sentimento poderoso na estrada alcançar celestial igualdade da paz a poderosa verdadeira liberdade é o amor que traz o contesto do bem sabedoria da nação de gueto que que vem a união redenção e o mundo que se faz melhor sei que a paz e a liberdade
Já não andam só acompanhadas da igualdade e o amor maior .

Refrão : eu não tenho nada pra desistir eu não vejo nada pra me impedir eu não tenho medo não vejo magoas quando cair felicidade a o que faz sorrir é o segredo.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct