Se você pensa em me dedurar
Esse brinquedo vai virar um caso sério
Pode dividir a sua herança
Você vai virar lembrança
Eu vou te mandar pro cemitério

Mas se você refletir a tempo
Posso dar um tempo
Em minha intenção

É muito bom cantar amizade
Pra quê errar sem necessidade?

Quem anda certo está sempre protegido
Sempre querido, pois o bem o favorece

Quem anda errado, pode crer não tem pedido
Pois cada um recebe o prêmio que merece
(Pra quê dedurar?)

Se você pensa em me dedurar
Esse brinquedo vai virar um caso sério
Pode dividir a sua herança
Você vai virar lembrança
Eu vou te mandar pro cemitério

Mas se você refletir a tempo
Posso dar um tempo
Em minha intenção

É muito bom cantar amizade
Pra quê errar sem necessidade?

Quem anda certo está sempre protegido
Sempre querido, pois o bem o favorece

Quem anda errado, pode crer não tem pedido
Pois cada um recebe o prêmio que merece

Se você pensa em me dedurar
Esse brinquedo vai virar um caso sério
Pode dividir a sua herança
Você vai virar lembrança
Eu vou te mandar pro cemitério

Se queres ter longa vida
Está sob seu critério (Porquê?)
Eu vou te mandar pro cemitério

Seu desaparecimento
Vai ser um grande mistério (Porquê?)
Eu vou te mandar pro cemitério

Deus me livre, o que eu não quero
É que destrua o meu império (Porquê?)
Eu vou te mandar pro cemitério

(Viu malandro?)
Eu vou te mandar pro cemitério

Eu vou te mandar pro cemitério
(Você quis assim)

Eu vou te mandar pro cemitério

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Almir Guineto / Arlindo Cruz / Beto Sem Braço. Isn't this right? Let us know.