A Voz da Sabedoria

Julinho


Lá no meio do deserto
Uma imensa multidão
Acompanhava Jesus Cristo

Para ouvir o seu sermão
Mas um fato curioso
Causou indignação

Para todos os pecadores
Profanos e malfeitores
Jesus estendia as mãos

De repente um seguidor
Chamou por sua atenção
Mestre, o Senhor me perdoe

Mas me deve explicação
Esse povo é ateu
Não tem fé, nem religião

Como pode uma pecadora
Essa gente malfeitora
Merecer o seu perdão

A voz da sabedoria
Deixou o povo emocionado
Não foi para condenar

Que eu aqui fui enviado
Todos os filhos de Deus
Merecem ser perdoados

Arrependa de coração
Que terás o meu perdão
Mesmo que tenha pecado

Meu Pai me mandou na Terra
Para ser o salvador
Para resgatar as ovelhas

Que do rebanho desgarrou
Por isso minha missão
É salvar um pecador

Eu voz digo, minha gente
Quem não estiver doente
Não precisa de doutor

Jesus disse essas palavras
Por todos foi compreendido
Pois os marginalizados

Precisam ser socorridos
Sigam os dez mandamentos
Digo a vocês, meus amigos

Façam o bem, não façam o mal
Pois no juízo final
Vocês serão escolhidos

Submit Translation Add to playlist Size Tab Print Correct
Written by: Cidão Carreiro / Julinho / Sebastião Figueiredo. Isn't this right? Let us know.