Amiga, tenha calma sobre o que dizem de mim
Não fui para cama com o seu querido
A zangue é uma visita, depois vais te arrepender
Não bate a minha porta, não tenho nada para dizer
Foi o teu querido que me procurou, minha kamba
Até prometeu me pagar uma casa no Kilamba
No meu aniversário prometeu me trazer os Lambas
Não aceitei, não sou mulher de falsidade
Com alguém já estou, não encontro felicidade
Não sou assim, não quero acabar mal
Não quero ser o alho na panela sem sal
Não me encomodo sobre tudo que dizem ali
Tenho a beleza suficiente pra ter homem só pra mim
Minha mãe me ensinou e me educou que amigos posso ter
Mas um homem só pra mim, só pra mim
Mas um homem só pra mim
E também me falou:
Lelia sopa, tu minanga makinovô
Lelia sopa, tu minanga makinovê
Amur humambo hooo
Lelia sopa, tu minanga makinovô
Lelia sopa, tu minanga makinovê
Não sei se admito que me ofendas desse jeito
Por algo que eu não fiz, mas pra todos você diz
Que eu sou mulher indecente, que não tenho futuro
Que nada vai dar certo, porque ando com ele no escuro
Ai, ai, ai, hoo ema sungo we
Hoo ema sungo we
Não me encomodo sobre tudo que dizem ali
Tenho a beleza suficiente pra ter homem só pra mim
Minha mãe me ensinou e me educou que amigos posso ter
Mas um homem só pra mim, só pra mim
Mas um homem só pra mim
E também me falou:
Lelia sopa, tu minanga makinovô
Lelia sopa, tu minanga makinovê
Amur humambo hooo
Lelia sopa, tu minanga makinovô
Lelia sopa, tu minanga makinovê
Não sei se admito que me ofendas desse jeito
Por algo que eu não fiz, mas pra todos você diz
Que eu sou mulher indecente, que não tenho futuro
Que nada vai dar certo, porque ando com ele no escuro
Ai, ai, ai, hoo ema sungo we
Hoo ema sungo we
Lelia sopa, tu minanga makinovô
Lelia sopa, tu minanga makinovê
Amur humambo hooo
Lelia sopa, tu minanga makinovô
Lelia sopa, tu minanga makinovê
Lelia sopa Tu minanga makinovô
Lelia sopa Tu minanga makinovê

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct