No meu carro só tem a tuas coisas, na minha mente o seu nome
Tudo que falo você não crês
Mas te abracei como ninguém, e você entendeu o sinal
Só espero que compreendas que esse amor é para sempre
Os vizinhos falam mal de nós, porque nos abraçamos toda hora
Até os deuses revelarão sobre nós, dizem que nosso amor é reencarnação
Está escrita no romance do imperador, até em cas-cas todo mundo sabe
Não existe frio nem calor, não existe tempo que nos afasta
Eu sou como você, e você como eu
Se não fosse a sua cobardia eu voltaria amor

Ohh mónica (mónica)
Porque você me faz assim, se és alinda flor do meu jardim
Ohh mónica (mónica)
Se for assim não vou viver, não tenha dúvida do meu amor
Ohh mónica (mónica)
Porque você me faz assim, se és a linda flor do meu jardim
Ohh mónica (mónica)
Se for assim não vou viver, não tenha dúvida do meu amor

Igual a você sou eu, nada mais se pode escrever
Pois, todas cartas de amor se resumiram em nós
A nossa vida está escrita nos segredos dos deuses
Só o imperador poderia compreender
Dizem que somos reencarnação desta
História, somos modelo de amor nessa terra
Na cidade todos olham, os sinais da felicidade
Tá escrito nos meus olhos que eu te amo meu amor
O balanço e a nossa casa no distrito do prazer só você me entende

Ohh mónica (mónica)
Porque você me faz assim, se és alinda flor do meu jardim
Ohh mónica (mónica)
Se for assim não vou viver, não tenha dúvida do meu amor
Ohh mónica (mónica)
Porque você me faz assim, se és a linda flor do meu jardim
Ohh mónica (mónica)
Se for assim não vou viver, não tenha dúvida do meu amor
Ohh mónica
Ohh mónica
Ohh mónica

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct