Querência é tudo o que sou
Minha vivência completa
É parte, todo e o sentido
Pra os meus olhos de poeta.

São meus olhos de distância
Que me retomam à querência
Pedaço meu deste mundo
Que entendeu minha essência.

A terra dos meus avós
Hoje renasce florida
É o ciclo normal do campo
Na transcendência da vida
Querência é minha metade
Mesmo depois da partida.

O pago é o mesmo aos meus olhos
Tentei olhar do meu jeito
Mas a querência tem alma
É o coração em meu peito.

Querência, me sobra alma
Florindo campo e carqueja
Tens toda a força da vida
Embora a gente não veja.

Com as saudades que hoje trago
Vou reformar a tapera
Resgatar minha essência
Aquilo tudo que eu era.

Cada retorno é um abraço
Para esperarmos com calma
E depois nos entregarmos
Pela querência da alma.

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct