Teimo em entregar
Minh'alma sempre inteira
Meu corpo ao teu dispor
Num manto de cetim
E essa dor em mim
Quiçá é passageira
Mas o meu amor sem fim não é

E esse teu olhar
Agora tão esquivo
Segue sem motivo
Em outra direção
E essa raiva em mim
Quiçá é sem razão
Mas o meu amor sem fim não é

Custo a acreditar
No que não faz sentido
Se hoje o meu vestido
Não chama tua atenção
E essa mágoa em mim
Quiçá é ficção
Mas o meu amor, sem fim, não

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct