Caminharei (part. Daisy e Poçam)

Martis MC


Saara, deserto total, me sinto tão mal com medo de não conseguir
Não consigo pensar no final e as frustrações querem me impedir
Vinde a mim já pediu meu fardo, mas não consegui te entregar
Tá embaçado o céu tá fechado não consigo mais nem te enxergar

É fácil dizer que sou águia, que nasci só pra voar
Me sinto um pardal perdido e sem asas sem ter nem um lugar pra pousar
Queria dizer que sou forte pic monstrão, gladiador
A luz se apagou era só um vento, mas eu tremi já me apavorou

Tanto artista tanta arte o que é verdade? Em quem acreditar?
O escuro me atrai a cama tem braços tipo um lutador que me finalizar
Mas encontro forças pra meditar aí vem os pregos, a coroa e a cruz
Ouço sua voz sublime dizendo sou eu quem te conduz

Caminharei ainda que o mar não se abrir
Seguirei sei que não posso mais desistir
Lembrarei da cruz que carregou por mim
Mas já chorei com medo de não conseguir

Tem sentimento que Deus não aprova
Quem nunca tomou uma facada nas costas?
Longe de mim não quero viver mergulhado em revolta
Mas o inimigo bate na porta tipo soda caustica corrói e devora
Faz campana espera mil horas tem paciência não se incomoda

Não tenho dúvida que o beijo doeu mais que os pregos
De tristeza já fiquei cego, mas foi bom que acabou com meu ego
No caminho tem pedras já tropecei quase voltei ao pó quase me esfarelei
Na obra de Shakespeare me inspirei romeu e Julieta quase imitei

Tentando me encontrar já me apeguei a tantas coisas
Me vi em estradas em caminhos que não sabia aonde ia terminar
Mas agora encontrei uma joia que me motiva a caminhar
A joia é Jesus olho pra ele e tenho forçar pra continuar

Caminharei ainda que o mar não se abrir
Seguirei sei que não posso mais desistir
Lembrarei da cruz que carregou por mim
Mas já chorei com medo de não conseguir

Não vai vingar, não vai fluir, é sem final, pra que insistir
Ninguém vai apoiar, nem vai curtir, é desistir ou desistir
Não vai render, vai dar prejú, vão jogar areia no barato
Projeto fraco, sem sal, fulano fez e deu errado

Porque ser honesto tá osso, se tá pagando de Bozo
Se fica aí no vacilo os bico mete o loco
Vai ser esforço em vão, vai ter trabalho à toa
Volta pra sua casa, vai se deitar e ficar de boa

Vozes e mais vozes na verdade algozes
O vilão tá no percurso em passos velozes
Não vou recuar nem vou desistir, não vou abortar minha missão
Tô na fé, firmão, creio no Deus que reverte a situação

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct