Meu Deus amanheceu, mas pra mim tá tudo escuro
Não morreu ninguém, mas meu semblante tá de luto
No teto do meu barraco o sol entra sem avisar
Minha mina declara amor tentando me animar

Não quero sair na rua não quero ver a luz do dia
Me deixa aqui na cama curtindo minha agonia
Um mano falou que é sintomas de depressão
Sei lá que nome tem é tipo uma faca no coração

Comentários na net perguntas na rua e pá
E ai Nezão, por que cê não tá mais no Shekinah?
A gente faz planos, mas a resposta vem de Deus
Mas o tempo que rolou foi minha escola valeu

Por que será que os irmãos se mata
E a guerra começa dentro da nossa própria casa
Lembrei de Davi, Saul, Caim e Abel
Dói quando a família te embriaga com fel

A minha dor pra você é indiferente
Por amor que que aconteceu com a gente
Né rancor é que tem dia que embaça
Mas firmou, firmou, eu sei que as lágrimas passam

Mas tá firmão tá valendo, Deus sabe o quanto aguento
Entre rosas e espinhos a gente vai vivendo
Meu conceito é um só camarada não se compra
E no deserto ele serve tipo um lugar de sombra

Norte, sul, leste, oeste, aonde é?
Tô perdido sem rumo só que ainda tô de pé
Me mostram o horizonte, mas não enxergo um palmo
Tenho que me controlar preciso ser calmo

Olho pra flor não consigo ver beleza
Não consigo sentir cheiro só vejo fraqueza
Se pá é comigo o problema se pá é comigo o esquema
Vou sair desse dilema minha alma já não aguenta

Um dia desses levantei pensando na cruz
Na montanha da caveira lugar sem luz
Mas foi lá que Jesus amargou no meu lugar
Não posso desistir sei que Ele vai me ajudar

A minha dor pra você é indiferente
Por amor que que aconteceu com a gente
Né rancor é que tem dia que embaça
Mas firmou, firmou, eu sei que as lágrimas passam

Toc toc toc alguém bate na porta
E traz na mão uma cesta de ódio e revolta
O inimigo faz campana pra invadir minha mente
Aproveita o momento pra me fazer deprimente

Cadê o doidão que eu conheci no passado?
Sanguinário até umas horas nas ruas respeitado
Não baixava a cabeça resolvia as treta
Cadê o Yoga aquele maluco firmeza?

Aí cê tá viajando com essa história de outra face
Engatilha explode a cara desses covarde
Vai mostra pra eles como é que faz
Sai pra lá satanás no seu cão num caio mais

Basta uma brecha pra eu abraçar as ideia
Me tornar uma fera e amanhecer numa cela
Viver de quentinha longe da família
E me acabar de angústia depois da visita

O inimigo não vai me usar pra jogar ninguém pra traz
No rosto de Jesus uma lágrima jaz
Quando eu penso em ferir fazer guerra com bem
Eu não vou mais fazer o fraco de refém

Tem dia que é embaçado a gente pensa em desistir
Fugir, sumir, sem rumo pra seguir
Nem é preciso de um Golias pra me amedrontar
Uma formiga já basta pra me fazer chorar

A minha dor pra você é indiferente
Por amor que que aconteceu com a gente
Né rancor é que tem dia que embaça
Mas firmou, firmou, eu sei que as lágrimas passam

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct