Tudo perde o valor tudo perde o sentido
Tudo fica sem cor e a vida perde o brilho
Bota fé em mim, apostou em mim
É firmeza sim não desprezou o neguim

Alguns me deram as costas, mas ele me abraçou
Quando entendeu seu amor o malucão aqui chorou
Fiquei como quem sonha fiquei como criança
Já não preciso da maconha agora tenho esperança

Andei no vale da sombra andei no vale da morte
De oitão meti a bronca o fraco metido a forte
Expulsou a angústia de dentro do meu coração
A ira, a fúria que eu colocava em ação

Eu era pobre perdido sem vida e sem razão
Eu era fraco e ferido andando sem direção
Me inspirava nos malandros me inspirava nos bandido
Agora o meu mundo se chama Jesus Cristo

Eu não sou nada sem ti
Como eu dependo de ti
Não sou nada sem ti
Eu preciso de ti Deus

É a raiz que me sustenta o sol que me aquece
É ele que me alimenta e com amor me fortalece
É o ar pro meu pulmão o pulsar do meu coração
Não ando na contra mão ele é a minha direção

E meu abrigo, é meu refugio, meu socorro, meu escudo
Minha rocha meu apoio nele eu me seguro
Ele é a minha fortaleza ele é a minha confiança
Com toda certeza ele é a minha esperança

Meu mundo era uma marra meu mundo era o rap
Meu mundo era uma farsa meu mundo era os beck
Meu mundo era o dinheiro meu mundo era o sexo
Meu mundo era o isqueiro meu mundo era um inferno

Meu mundo era de mentira e de ilusão
Prostituição, mundo de traição
Inveja, malícia, treta, intriga
Meu mundo se resumia em ódio e muitas brigas

Eu não sou nada sem ti
Como eu dependo de ti
Não sou nada sem ti
Eu preciso de ti Deus

Eu sirvo a ele e meto a cara
E não tô disfarçado
Ele mudou minha rota
Quando eu tava no errado

Larguei tudo por ele
Melhor coisa que fiz
Agora ele é meu tudo
E isso me faz feliz

Mudou minha conduta
Transformou meus valores
Deus quer adoradores
E não somente atores

Não quero ser ídolo
Nem quero ter fãs
Eu quero ter discípulos
Essa é a cara do Poçam

Não corro pelos flashes
Nem pelos holofotes
Me sinto realizado
Quando eu vejo povo forte

Ninguém vem pra cobrar
Comigo tá tudo zen
No travesseiro durmo bem
Não devo nada pra ninguém

Não mereço nada dele
Não mereço um centavo
Não mereço aquele sangue
Eu mereço aqueles cravos

Não mereço as bênçãos
Que ele tem me dado
Ele é insubstituível
Meu Deus seja louvado

Eu não sou nada sem ti
Como eu dependo de ti
Não sou nada sem ti
Eu preciso de ti Deus

Meu levantar, meu respirar
O meu falar, o meu agir
Como eu dependo de ti

A tua mão que me sustenta
Me conforta me alimenta
Como eu dependo de ti
Sou grato a Deus por me guardar
Sou dependente do teu amor

Eu não sou nada sem ti
Como eu dependo de ti
Não sou nada sem ti
Eu preciso de ti Deus

Send Translation Add to playlist Size Tab Print Correct